Máscara para vinil adesivo: Qual tack devo utilizar?

Transferência de vinil adesivo
A máscara de transferência é essencial ao dia-a-dia do profissional que trabalha com vinil adesivo, e serve basicamente para transferir o desenho recortado para a superfície que deseja ser fixado o vinil adesivo, mantendo os vários cortes efetuados intactos em questão de distanciamento e padrão pré estabelecido no ato que efetuou o recorte eletrônico.
A máscara de transferência pode ser encontrada com facilidade em dois tipos:
  • Máscara de plástico
  • Máscara de papel
A máscara de papel se assemelha a uma fita crepe e geralmente é vendida com 50, 61, 100 ou 122 cm de largura em bobina de 50 metros de comprimento, esse tipo de máscara não acompanha a liner (papel protetor da parte adesiva) sendo assim não é possível a aquisição desta máscara em metro.

A máscara de plástico é muito parecida com vinil adesivo transparente, mas sua composição é diferente, então não utilize vinil adesivo transparente para fazer a transferência de vinil adesivo, utilize a máscara!
A máscara de plástico é encontrada nas cores transparente e azul, sendo a transparente largamente utilizada para transferência de vinil adesivo, enquanto que a azul é muito utilizada ou para proteção de peças, placas, etc, ou para pintura automotiva.
Geralmente é disponibilizada com 50 ou 100 cm de largura e pode ser adquirida em metro ou em rolo com 50 metros de comprimento.

Qual máscara devo utilizar?

Ainda faltou falarmos a respeito do tack da máscara. Tack é o poder de adesão da parte adesiva da máscara e existe a possibilidade de adquirir com baixo tack, médio tack e alto tack, isso na máscara plástica. Já a máscara de papel existe somente em um único padrão de tack.

Primeiro para definir que tipo de máscara a ser utilizada deve ser visto o serviço ao qual foi desenvolvido.
Em geral recorte pequenos e detalhados com transferência imediata deve ser utilizado a máscara de alto tack, se o recorte com mesmo tipo de detalhes for transferido, mas levando um curto período de tempo, o ideal é utilizar a máscara de transferência de médio tack.
Para recorte geral é largamente utilizado a máscara de médio tack tanto para transferência imediata quanto para transferência a curto prazo.
Para transferência de vinil adesivo a longo prazo deve ser utilizado a máscara de baixo tack.
Se desejar economia nesta parte do trabalho, a máscara de papel será sua melhor opção, com custo relativamente mais baixo será ideal para trabalhos com baixo orçamento. No entanto esse tipo de máscara perde quando precisa de visibilidade no ato da transferência, como por exemplo transferir vinil adesivo na cor branca ou ainda quando os motivos são muito detalhados o que aumenta o tempo do profissional em conseguir "pegar" o motivo recortado com a máscara de papel pelo poder de adesão do tack da máscara.
Se o intuito é fazer pintura automotiva como por exemplo personalização de ônibus, a máscara azul de alto tack é recomendada, e para aqueles que precisam proteger o produto geralmente com superfície plana, o ideal é a utilização da máscara azul de baixo tack.

É importante ressaltar que a máscara de papel pode ficar aplicada sobre o vinil adesivo por muito tempo, enquanto que a máscara de plástico, com passar do tempo, vai "soldando" com vinil adesivo, por isso é importante considerar que se deseja efetuar a transferência, mas vai demorar para fazer isso, é necessário a utilização de um tack baixo.




DKJ.online a loja da comunicação visual